SOU SÓ COSTELA? (Gn 2)

  • INTRODUÇÃO E AQUECIMENTO

  Acolhida dos participantes e apresentações
–     Acolhida
–     Apresentação pessoal e da Semente Viva
–     Apresentação do  tema em relação à Semana Social – enfocando o tema da “relação” na diferença
–     Método e regras de participação
–     Relação com o Espirito Santo / Gloria

Criar relações no grupo
Caminhada:
–     Percepção de si –do próprio sentir deste momento
–     Percepção da emoção diante das minhas relações
Encontro com o outro:     (47 – Relax 02)
–     Diferente de mim
–     Gesto para viver o encontro      



Comunicação criativa do tema
–     Uso de símbolos para representar o tema: Através de panos, visualize a relação original descrita no Gênesis, relacionando sociometricamente o pano amarelo (Deus), o pano verde (criação), o pano azul (homem), o pano cor de rosa (mulher). Cada toalha é colocada em contato harmônico com os outros.
–     Convidar a olhar para a composição e dar um título para a mesma, e pedir para expressar a emoção que sai do coração.
–     Conta-se a segunda parte da história: a ruptura das relações. Os panos são movidos e isolados uns dos outros.  (33-Meditativa 01 )
–     Convide todos a colocar-se na composição, dando um nome à sua relação com a mesmo e assumir uma posição correspondente à emoção tentando EXPERIMENTAR A DISTÂNCIA
–     ENFOQUE: a partir daí, o que aconteceu no mundo, na sociedade, com essa relação entre homem e mulher, na diversidade? 

No final, expressão dos desejos
 –     Do que preciso para que esta relação NA DIVERSIDADE seja segundo o projeto de Deus?

 

  • ENCONTRO COM A PALAVRA

Narração do cap 2 do Genesis 
Segundo conto da criação

Todo mundo interpreta Adão      ( 78 – Ternura Amor 01 ) 
–     Cada um recebe um pano símbolo da solidão. Convidar a caminhar se colocando debaixo deste pano, representando a própria incapacidade de ver o outro parecido
–     Todos são convidados a imaginar de ser Adão também com o corpo, que vai dando o nome às coisas mas nao encontra algo de semelhante a si
–     Perceber a emoção diante disso

Visualizar o olhar de Deus sobre ti – Adão     (69 – Serena dolce 01)
–     Todos são ajudados a perceber o olhar de Deus que percebe a sua solidão, e quer fazer algo para fazê-lo feliz
–     Expressão de uma emoção

Estátua corpórea da emoção de Adão sob o olhar de Deus         (86 – Triste 03)
–     Todos expressam com o corpo o sentir de Adão debaixo do olhar de Deus
–     Passando perto de cada um, pedir a emoção.

 Experiencia perceptiva da criação do outro diferente    (79-Ternura amor 02) 
–     Convidar a sentar ou deitar, imaginando o sono do Adão.
–     Passando um pano em cima deles, ajudar a perceber a ação do Espírito Santo que vai fazendo algo de novo.
–          Convidar a levantar caminhando, sem o pano, e encontrar o olhar do outro por alguns segundos



Espelhamento com imaginação facilitada       (46-Relax 01)
–     O que tudo isso diz à minha vida?
–     Imaginação facilitada
–     Partilha da imagem no grupo e partilha do emergente grupal de cada grupo

  • ORAÇÃO CONCLUSIVA

Oração simples pessoal
–     Pano azul – símbolo do Espírito Santo, vela acesa.
Pai nosso conclusivo




Esta entrada foi publicada em Roteiros Antigo Testamento. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *