c. Narração

Ao contrário da visualização guiada, na qual é proposto aos participantes que fiquem de olhos fechados para permitir uma maior interiorização, a narração pode ser proposta de olhos abertos, com o facilitador no centro que, ao contar, coloca panos coloridos para cada personagem ou elemento na história, a fim de ajudar os participantes a se concentrar e a imaginar as personagens e o contexto da história.

Com as crianças é muito importante enfatizar, na narração, a dimensão fantástica.

Esta entrada foi publicada em Para comunicar a Palavra. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *